O que resultou da “energia barata” da FIESP.

Em 2011, a FIESP, num encontro internacional sobre energia, fez diversas exigências que, se cumpridas pelo governo, trariam “energia barata para todos”. Hoje, com a Eletrobras ameaçada de privatização, o ILUMINA faz uma análise sobre o que realmente ocorreu. O que impressiona é que a FIESP esquece que os preços da Eletrobras, , “os culpados” pela energia cara, segundo a poderosa federação, foram determinados em um leilão em 2004. Na realidade, não há nem sentido em falar em “tarifa”. São preços de “mercado” como desejado pela FIESP. Certamente não seremos respondidos, mas, o consumidor brasileiro precisa saber desses dados.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *