Notícias em Destaques


Quo vadis? O Cepel na berlinda

  https://www.sengerj.org.br/posts/quo-vadis-o-cepel-na-berlinda Suspender as fontes públicas de recursos do Cepel vai significar o fim da capacidade de inovação do país no setor, quando o mundo inteiro prepara uma transição estratégica na área de energia. 31 de Maio de 2022 Em recente entrevista à Agência Canal Energia, no dia 06 de maio, o atual diretor geral…

O Bonde da Privatização Avança e Barbariza – Tá Tudo Dominado

Ronaldo Bicalho analisa as forças econômicas e políticas que sustentam a privatização da Eletrobras desde o início, suas escolhas, seus métodos, e a maneira pela qual a omissão das instituições ao longo desse processo foi transformando essas instituições em sócias do desmanche, da destruição e do butim perpetrado por essas forças. Mandando às favas os…

Privatização da Eletrobras: Como chegamos a isso?

Roberto Pereira D´Araujo Não se trata de desprezar o enfoque de valoração da Eletrobras como centro da discussão sobre a privatização da empresa. Entretanto, imagine a França debatendo sobre o preço de venda da Torre Eiffel ou do Palácio de Versailles? Ou os Estados Unidos fazendo uma avaliação do preço da Estátua da Liberdade, da…

De Potências, Energias e Espertezas na Batalha do TCU

Ronaldo Bicalho analisa o embate em torno da privatização da Eletrobras no TCU, destacando a discusão em torno da não contabilização da venda de potência/capacidade nas receitas futuras das hidrelétricas e a consequente subestimação do preço de venda das ações da estatal elétrica. Ronaldo Bicalho é pesquisador do Grupo de Economia da Energia do Instituto…

A Cascata da Portabilidade

Ronaldo Bicalho discute as falsas promessas contidas na proposta da portabilidade da conta de energia elétrica. Parte de uma proposta maior que é a chamada modernização do setor elétrico, a portabilidade é o chantili que esconde o bolo solado do desmanche do setor elétrico brasileiro. A cenoura para pegar os incautos e esfolados consumidores brasileiro.…

A Ignorância dos Especialistas: Subestimada e Inevitável

Ronaldo Bicalho discute a superestimação do papel dos especialistas na discussão e definição das políticas públicas do setor elétrico. A inevitável ignorância característica das análises de setores extremamente complexos esconde interesses e manipulações do debate sobre um setor essencial para o desenvolvimento econômico e para o bem-estar da sociedade. Ronaldo Bicalho é pesquisador do Grupo…

O Problema do Setor Elétrico Aqui e no Mundo

Ronaldo Bicalho analisa a agenda real e decisiva do setor elétrico no mundo e no Brasil, chamando a atenção sobre a total desfaçatez representada pela atual agenda do governo brasileiro para o setor. Ronaldo Bicalho é pesquisador do Grupo de Economia da Energia do Instituto de Economia da UFRJ e diretor do Ilumina.

Um país doente.

Roberto Pereira D´Araujo Quando um ministro, um deputado, um senador, o presidente, um tribunal, enfim, a sociedade de uma nação despreza: O fato de que nenhum país do planeta com o tipo de estrutura hidroelétrica privatiza uma empresa pública como a Eletrobras. Que o valor estimado para venda está no entorno de 1/10 do valor…

Pinguelli e o modelo do setor elétrico.

Roberto Pereira D´Araujo Texto revisto em 30/04 Peço aos leitores que entendam esse retorno aos artigos na página do Ilumina como uma sincera homenagem a Luiz Pinguelli Rosa. Tive muita sorte em conviver, dialogar e aprender com ele. Quase a totalidade do que vou expor foi debatido e transformado em projeto de melhoria do nosso…

As contas oclusas do setor elétrico

https://valor.globo.com/opiniao/coluna/contas-oclusas-do-setor-eletrico.ghtml Roberto Pereira D´Araujo (*) Exaltando o fim da bandeira da escassez, é hora de refletir profundamente sobre números do setor elétrico. A tarifa é hoje uma das mais caras do planeta em relação à renda média. Um pouco de curiosidade revela misteriosos valores. Começando pelas nossas tomadas, o Brasil fez uma mudança exigindo um…

Homenagem a Luiz Pinguelli Rosa

Estamos iniciando uma articulação para mobilizar entidades e pessoas que tiverem interesse em realizar iniciativas , individuais e coletivas, em homenagem ao Pinguelli. Foi criado um grupo para iniciar esta articulação e uma conta para arrecadar fundos para apoiar algumas iniciativas coletivas.

Dr. Adriano Pires e suas considerações analisadas.

Roberto Pereira D´Araujo A pedidos de um dos leitores de artigos no Ilumina, faço uma análise do seguinte texto de autoria do Dr. Adriano Pires. Ler antes. https://www.poder360.com.br/opiniao/a-capitalizacao-da-eletrobras-nao-tem-jabutis-e-sim-corujas-adriano-pires/ O Sr. Adriano Pires sempre esteve a favor, tanto do modelo mercantil, que hoje ele recrimina, como a favor da privatização da Eletrobras. Se, como ele afirma,…

Cinco Falácias sobre o Preço Paritário de Importação (PPI) praticado pela direção da Petrobrás

Felipe Coutinho*, março de 2021 Desde outubro de 2016 as direções da Petrobrás decidiram inovar e adotar a política dos Preços Paritários de Importação (PPI) [1]. Arbitram os preços nas refinarias da Petrobrás como se os combustíveis tivessem sido importados. Estimam o preço pago ao refinador estrangeiro (a maioria da Bacia do Golfo nos EUA),…

A tarifa brasileira em dados históricos

Roberto Pereira D´Araujo Por incrível que pareça, vários artigos em jornais de grande circulação ainda defendem que, afinal, a tarifa brasileira não está tão cara assim. https://valor.globo.com/opiniao/coluna/estaria-a-conta-de-luz-fora-de-controle.ghtml Alguns representam interesses de grupos específicos e, evidentemente, estão fazendo seus trabalhos. Entretanto, como vai ficar claro, outros estão ou desinformados ou escolhem um período onde a tarifa…