Notícias em Destaques


Setor elétrico brasileiro: Erros em sequência – Final…por enquanto.

Conclusões. Certamente, quem não é especialista e conseguiu ler até aqui, dada a complexidade, ou ainda não compreendeu tudo ou está espantado com a quantidade de informações que não são veiculadas apesar de estarem na base do aumento tarifário. Evolução da Tarifa Residencial e Industrial (mercado cativo) desde 1995. O que o ILUMINA pode mostrar…

Setor elétrico brasileiro: Erros em sequência – Capítulo II

Roberto Pereira D’Araujo Imaginem se a oferta crescente de energia elétrica fosse deixada ao sabor do mercado de energia com tanta volatilidade. Dada a singularidade do sistema elétrico brasileiro, qual é o critério de equilíbrio vigente hoje? Sempre lembrando que é preciso analisar o sistema no futuro, justamente para não ser influenciado por essas variações…

Privatização da Eletrobras vai ficar para 2020, diz ministério – Folha de SP

Análise do ILUMINA: O Brasil tem um ano para interromper a peça teatral onde ele é o palhaço da economia mundial. Afinal, qual é o país que estando entre os 10 maiores produtores de energia HIDROELÉTRICA, privatizou todas suas empresas e, consequentemente usinas (*)? A China? As hidroelétricas representam cerca de 15% das suas necessidades,…

Os elementos cruciais para a reconstrução do setor elétrico brasileiro – Artigo

Ronaldo Bicalho (*) O momento atual do setor elétrico brasileiro é marcado pela irreversível exaustão do modelo tradicional no interior do qual ele se desenvolveu. O desafio colocado por essa ruptura radical da trajetória elétrica brasileira impõe a configuração de um novo setor elétrico assentado em bases distintas daquelas que sustentaram materialmente o desenvolvimento da…

Desestatizações no Setor Elétrico – Evento comemorativo no BNDES

O ILUMINA tem perfeita noção que jamais iria ser convidado para participar de um tipo de seminário onde diversos representantes de órgãos públicos (BNDES, ANEEL, MME, Eletrobras, entre outros) tecem elogios ao setor privado e criticam empresas públicas. Ao contrário da posição ideológica radical contra a privatização, o que temos tentado mostrar é que o…

Estatais são como ‘filhos que fugiram e hoje são drogados’, diz Guedes – Folha de São Paulo

Análise do ILUMINA: Concordamos plenamente com o ministro. Mas, quando se afirma que alguém se drogou, é preciso dizer quem empurrou droga para esse “filho”. O ILUMINA sabe e aponta os traficantes. Por exemplo, no caso da Eletrobras: 1º Traficante: Governo FHC – Em 1998, o governo FHC obrigou a Eletrobrás a usar o fundo…

As lições de Brumadinho para o setor elétrico – Artigo

Roberto Pereira D’Araujo Além da tristeza ao ver tantas vidas sendo eliminadas por absoluta falta de responsabilidade e planejamento, o crime de Brumadinho desvendou uma lamentável realidade brasileira. O que se notou na tragédia humana, ambiental e econômica foi a percepção de que as empresas privadas exploradoras de riquezas naturais no país se aproveitam da…

À espera da lama da Vale, Retiro Baixo reduz lago – Valor

Análise do ILUMINA: Uma conta rápida adiciona outros prejuízos que escorreram da barbeiragem da Vale para o setor elétrico. Como se sabe a usina de Candonga está inativa desde 2015 por conta da barbeiragem de Mariana. Com grande probabilidade, a usina de Retiro Baixo vai pelo mesmo caminho. Elas totalizam 140 MW e 82 MW.…