Notícias em Destaques


Gráficos que incomodam

Roberto Pereira D’Araujo Estamos passando por uma fase onde boa parte do poder político acredita firmemente que o Brasil vai crescer e resolver seus problemas quando terminar um processo de privatização de tudo. Para eles não interessa o que nos ensinam dados concretos do passado. Talvez confiem que ninguém vai se interessar mesmo em verificar…

Tarifas brasileiras, caras ou baratas?

Roberto Pereira D’Araujo A ABRADEE (Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica) acaba de publicar uma Comparação Internacional de Tarifas. A ilustração inicial é a que está abaixo: O período (julho de 1994 até julho de 2018) mostra 24 anos de evolução de vários outros itens de consumo. Nesse período, no setor elétrico, os acontecimentos…

Privatizar é preciso – Valor

Leiam o artigo abaixo da linha e, depois, vejam aqui a resposta do ILUMINA: Pena que a autora do artigo cancelou a sua participação no seminário de 1º de Abril na UFRJ. Lá, ela poderia explicar melhor o título do artigo e dizer também o que “é preciso para privatizar”. Esse é o aspecto sempre ausente…

Enron: ecos dos fracassos passados

Ronaldo Bicalho Quando velhas propostas de liberalização dos mercados elétricos são desenterradas por autoridades incapazes de enfrentar os reais problemas do setor elétrico brasileiro, um fato ocorrido no último mês de Fevereiro traz incômodas recordações dos fracassos do passado. Jeffrey K. Skilling, ex-presidente-executivo da Enron, cujas mentiras contribuíram para o colapso da empresa de energia…

O valor da Eletrobras – Artigo no Valor

https://www.valor.com.br/opiniao/6139669/o-valor-da-eletrobras Joaquim de Carvalho e Roberto D’Araujo (*) Demorou, mas finalmente a Eletrobras conseguiu se livrar das distribuidoras de energia elétrica do Norte e do Nordeste, que sempre foram exploradas por políticos, para empregar correligionários e parentes, quando não para coisas piores. Agora a Eletrobras pode ser altamente rentável, desde que seja isolada da influência…

Setor elétrico brasileiro: Erros em sequência – Final…por enquanto.

Conclusões. Certamente, quem não é especialista e conseguiu ler até aqui, dada a complexidade, ou ainda não compreendeu tudo ou está espantado com a quantidade de informações que não são veiculadas apesar de estarem na base do aumento tarifário. Evolução da Tarifa Residencial e Industrial (mercado cativo) desde 1995. O que o ILUMINA pode mostrar…