Acusação infundada à Petrobrás

BOLÍVIA ACUSA ESTATAL DE SABOTAGEM


O presidente da estatal boliviana YPFB, Jorge Alvarado, atribuiu a responsabilidade da falta de diesel dos últimos dias em La Paz e outras cidades, como Benin e Pando, à Petrobrás. Segundo ele, a companhia brasileira, que é responsável por importar o diesel, estaria “sabotando” o país, informou a imprensa local. “A única empresa que não está trazendo diesel há dois dias é a Petrobrás. Isto acontece porque, supostamente, ela não recebeu as notas de crédito fiscal”, disse Alvarado. O estado paga com notas de crédito fiscal o diesel transportado pela Petrobrás Bolívia para o país, mas o presidente da YPFB admitiu que este pagamento não foi feito no último mês. De acordo com o jornal “La Rázon”, Alvarado, no entanto, assegurou que, em outras ocasiões, a Petrobrás esperou o pagamento por até quatro meses antes de cortar as importações. “Agora ela cortou o fornecimento devido ao atraso de um mês. Considero isso como uma atitude de sabotagem ao país”, acrescentou. (AEPET)