Termorio será bicombustível

Petrobras reafirma plano de conversão da Termorio para bicombustível
Estatal assina protocolos com cooperativas para estudar viabilidade para implantação de usinas de biodiesel


Agência CanalEnergia



A Petrobras reafirmou em comunicada na última quinta-feira, 25 de maio, que mantém os planos de conversão da Termorio para bicombustível, funcionando assim com gás natural e diesel. A companhia informou que aguarda a emissão da licença de instalação pelo órgão ambiental para dar continuidade ao empreendimento. A estatal destacou ainda que segue com o compromisso assumido com o Ministério de Minas e Energia de converter algumas termelétricas de sua propriedade para bicombustível.


A Petrobras assinará neste fim de semana, por meio da Área de Negócio de Gás e Energia, protocolos de intenções com duas cooperativas do Rio Grande do Sul para a realização de estudos de viabilidade para implantação de usinas de biodiesel. O diretor Ildo Sauer assina nesta sexta-feira, 26, acordo com a Cooperativa Mista de Produção, Industrialização e Comercialização de Biocombustíveis do Brasil (Cooperbio).


No sábado, 27, o protocolo será firmado com a Cooperativa de Biocombustíveis da Região do Pampa Gaúcho (Biopampa). A aproximação da Petrobras das cooperativas faz parte das ações da companhia para garantir o suprimento de biodiesel no atendimento da necessidade de adicionar 2% do biocombustível ao óleo diesel a partir de 2008 e 5% em 2013.


A UTE Termorio- Governador Leonel Brizola, a maior termelétrica a gás natural do Brasil, será inaugurada neste dia 31 de maio e conectada ao SIN.